terça-feira, 9 de outubro de 2007

Chegaste ao limite e não consegues evoluir mais?

Pessoal...aqui têm algumas razões para os atletas não estarem a evoluir: 1 - Sobretreino; 2 - Excesso de competições e de quilometragem; 3 - Treinos demasiado fortes; 4 - Falta de descanso físico; 5 - Idade; 6 - Carências na alimentação. Analisemos cada situação e qual a sua solução: -->SOBRETREINO - Próprio de corredores experientes. Estes procuram marcas pessoais acima das suas possibilidades, com treinos demasiados fortes, o que provoca o sobretreino. É a situação mais crítica, pois a recuperação requer vários meses de descanso total ou activo. Sintomas de sobretreino são a perda de peso muito rápida, alterações no sono, falta de apetite e um aumento de frequência cardíaca em repouso em mais de cinco pulsações (ao acordares, sem te teres levantado da cama). Podes também testar o seguinte: ver se tens uma diferença de 20 pulsações por minutos quando estás en pé face à posição sentada. -->EXCESSO DE COMPETIÇÕES E DE QUILOMETRAGEM - O excesso de competições impede-te de melhorar porque não dá tempo ao organismo para assimilar a carga de trabalho. Isso acontece aos corredores que participam em provas quase todos os fins-de-semana e treinam normalmente entre as corridas. Há duas opções: reduzir para metade o número de competições anuais ou reduzir o treino semanal. A primeira opção é melhor. Nunca deves correr mais de duas maratonas, três ou quatro meias e oito ou dez corridas de 10 km num ano. Correr em demasia nos treinos bloqueia e satura o fígado, fragiliza os tendões e músculos e não permite assimilar o treino. É necessário treinar em função do nível físico de cada um, do objectivo e das possibilidades reais. Correr mais quilómetros não significa melhores tempos. -->TREINOS DEMASIADO FORTES - Treinar demasiado forte é tão prejudicial como treinar de forma suave. Leva a um esgotamento prematuro, não permite assimilar o treino e sobrecarrega em demasia os tendões e as articulações. Combina treinos fortes com suaves e não treines forte mais de dois dias seguidos ou mais do que três vezes por semana. -->FALTA DE DESCANSO FÍSICO - A falta de descanso provoca o efeito de saturação e bloqueio orgânico e muscular. Nestes casos o melhor é treinar menos dias, menos tempo e trabalhar a ritmos mais suaves. É impossível assimilar os treinos e progredir quando corremos a horas menos habituais, com pressa, sem fazer os exercícios complementares, dormindo pouco e trabalhando muito. -->IDADE - A idade influi bastante na progressão. É diferente começar a correr com 25 ou 50 anos. Os corredores mais jovens assimilam melhor os treinos e recuperam mais facilmente dos grandes esforços. Isto significa que quanto mais velho for o corredor, maior o risco de estagnação precoce. -->CARÊNCIAS NA ALIMENTAÇÃO - A má alimentação pode impedir um treino normal e a adequada recuperação. Faz uma alimentação equilibrada e variada e evita a sensação de fome. Há atletas que pensam que sendo magros correm mais, o que os leva a comer menos e a prescindir de alimentos básicos. O peso adequado surge com o treino. Come sem gula e evita doces, fritos e salgados.
Tirado na revista Sport Life
Quero agradecer ao Fernando por ter emprestado algumas das muitas revistas dele!

9 comentários:

rui disse...

Olá Monica

Dicas importantes que devem ser seguidas por todos os atletas!
Só assim poderão tirar o máximo rendimento sem cair no exagero!

Muito bem Mónica, estes conselhos são imprescindíveis!
Estás sempre atenta e a melhorar a qualidade do blog.

Beijocas na bochecha

Anónimo disse...

Olá pessoal fiquei muito sensibilizado com a surpresa que me fizeram .Não há palavras . obrigado amigos, estão num cantinho especial do meu coração. Ao amigo Fernando faço votos para que se recupere para podermos voltar aos velhos tempos.Parabens pela familia maravilhosa que são. Há mónica iden e parabens pela constante inovação do blog.És uma grd Mulher.trip.

Anónimo disse...

Parabéns Mónica, o teu blog já é um sucesso e torna-se cada vez mais apetecível visitá-lo, continua com as tuas dicas e apontamentos que serão muito úteis para todos aqueles que vivem e amam o atletismo como nós, toda a família do madeira a correr agradece-te.
Fernando Gomes

Rui Caetano disse...

Concordo com as tuas palavras. Conheci agora o teu blogue e gostei muito. Hei-de voltar.

nanda disse...

Agradeço a sua passagem pelo ilhas do mar. A Madeira é uma terra encantadora, já estive aí duas vezes e quero voltar.Beijocas

Silvia Madureira disse...

Já vi que gostas de estar informada sobre estas questões...e só fazes bem...todos deveríamos estar...

Temos que notar que aquilo que é aqui descrito se pode aplicar a muitas outras actividades que fazemos diariamente mesmo não tendo haver com desporto...aplica-se aos nossos variados trabalhos.

Nem 8 nem 80. Ninguém pode exigir de si mais do que o que pode dar! Com stress dá-mos metade do rendimento! Todos sentimos isso!

Vou colocar o teu "link" no meu blog! Para a semana ainda estarei ausente mas depois voltarei.

beijos

Fernanda e Poemas disse...

Olá Mónica,grata pela tua visita ao meu cantinho.
Fiquei sensibilizada com as tuas palavras.
Gostei muito do teu blogue.
Tens um texto muito bem conseguido e com um tema bastante pertinente!
Muito bem.
Adorei!!!!!!!!!
Beijihos para ti e o teu tio.
Bom fim de semana!
Fernandinha

João Luis Gomes disse...

ola monica! orgulhoso duma sobrinha com um maravilhoso blog..possa vcs se eu estivesse ai a correr ganhava todas*** ok.. manda mais gosto ver teu pai ai...fantastico!!! adorei teu blog tudinho,difrente do tio rui..olha deixa-me ai teu msn ,so falo com sergio..ta beijos tou quase ai na madeira tchau

isabel schmidt disse...

mto bem monica e parabens por todas estas fotos das provas e muito informacao realista.bjs da isa